'

EMERGENTES VÃO SUPERAR EUA EM PROPAGANDA ATÉ 2014


O CRESCIMENTO DA CLASSE MÉDIA FEZ O BRASIL SE TORNAR O SEXTO MAIOR MERCADO DE PROPAGANDA DO MUNDO

TV, TELEVISÃO (FOTO: SHUTTTERSTOCK)


Os gastos com propaganda nos mercados emergentes (Brasil, China, Índia e Rússia) irá superar a quota gasta nos Estados Unidos até 2014, segundo o estudo “Reaching the connected consumer: Best practices in advertising effectiveness”, daPricewaterhouseCoopers (PwC).
De acordo com a análise da PwC, a Índia, a China e o Brasil estão passando pelo mesmo tipo de transformação econômica que nações como a Coréia do Sul e Japão experimentaram após a Segunda Guerra Mundial. A diferença é que eles estão conseguindo crescer mais rapidamente, em uma escala muito maior, principalmente porque a tecnologia está impulsionando o livre fluxo de informações e ideias.
O Brasil é hoje o sexto maior mercado de propaganda do mundo. Justamente porque vivenciou, na última década, o crescimento da classe média – 52% da população entrou nessa classe, um salto de 36% em relação à última década. Segundo o estudo, é um crescimento de 8% ao ano, o que fez surgir um novo mercado consumidor nessa classe para as empresas. 
Em 2011, os Estados Unidos gastaram mais US$ 135 bilhões com propaganda, seguidos da região da Ásia/Pacífico, com mais de US$ 130 bilhões.
Na América Latina, no ano passado, foram gastos cerca de US$40 bilhões. O Brasil gastou mais da metade desse montante só no primeiro semestre deste ano. Segundo o Monitor Evolution, software do Ibope, o país gastou US$ 21,5 bilhões (R$ 43,8 bilhões) em propaganda, um crescimento de 10% em relação ao mesmo período do ano passado.
A Casas Bahia liderou o ranking dos maiores anunciantes, posição que ocupa desde 2003. Nos primeiros seis meses do ano, a rede de varejo gastou R$ 1,68 bilhão. Logo atrás, com uma diferença de R$ 220 milhões, aparece a Unilever. As companhias já lideravam a lista no ano passado, mas a diferença entre as duas era de R$ 420 milhões. 
Fonte: Época Negócios

0 comentários:

Postar um comentário

 
Agência de Comunicação, Publicidade, Design e Web