'

Após fim do MegaUpload, FileSonic desabilita compartilhamento de arquivos




O site Filesonic desativou suas funções de compartilhamento de arquivos durante este sábado (21) e domingo (22). Não há detalhes ou comentários sobre a mudança, nem mesmo no blog oficial da empresa, exceto uma breve mensagem na página principal. O Filesonic, assim como o Megaupload – que foi retirado do ar pelo FBI na quinta-feira (19), acusado de facilitar a pirataria –, permitia que usuários enviassem e baixassem conteúdos diversos e, por isso, também foi usado para abrigar conteúdos protegidos por direito autoral.

Outra semelhança do Filesonic com o Megaupload era o programa de afiliados. A partir dele, um usuário que envia um arquivo popular é recompensado caso uma pessoa registre uma “conta premium” para fazer downloads no site. As contas premium permitiam um maior número de downloads ao mesmo tempo e davam mais conveniência aos internautas.

No caso do Megaupload, no entendimento do FBI, que fechou o site, essa oferta levou muitos usuários a enviarem conteúdo ilegal, lucrando com a atividade de hospedar arquivos com grande demanda.

A página de afiliados do Filesonic, porém, desapareceu. O espaço no Facebook dedicado ao site também sumiu. Usuários do site Reddit afirmaram que muitos arquivos e contas de usuários foram removidas e que o site teme ser o próximo alvo das autoridades norte-americanas.

De agora em diante, o Filesonic apenas permite que usuários baixem os arquivos que eles mesmos enviaram. Seguir qualquer link que antes levava a um download no Filesonic apenas apresenta uma mensagem, que afirma: “toda a funcionalidade de compartilhamento no Filesonic foi desativada. Nosso serviço só pode ser usado para enviar e receber os seus arquivos pessoais”.

De acordo com o site do Filesonic, a empresa tem endereços no Reino Unido e em Hong Kong. O site é o 172° maior do mundo em tráfego, de acordo com a Alexa.

FONTE: G1



Youtube agora com Storyboard

Novo player do YouTube terá Storyboards

De acordo com Amit Agarwal, editor do conhecido Digital Inspirations, o YouTube está trabalhando em um novo recurso para seu player de vídeo que permitirá aos usuários a possibilidade de visualizar uma miniatura da imagem em qualquer ponto do vídeo.


O YouTube irá gerar um grande Storyboard de 100 miniaturas por vídeo e as imagens são dispostas em uma grade de 10×10. À medida que você move o mouse para diferentes pontos no player de vídeo, rapidamente agarra a miniatura correspondente a posição do storyboard.

Fonte: Google Discovery

 
Agência de Comunicação, Publicidade, Design e Web