'

Veja 10 dicas para melhorar o desempenho do site de sua empresa

Especialistas ensinam técnicas para otimizar resultados em ferramentas de busca como o Google e gerar mais negócios

Se você pensa que apenas os sites de grandes empresas têm chances de ficarem entre os mais bem colocados nos resultados de buscas na Internet, está na hora de rever seus conceitos. Hoje, uma série de estratégias aplicadas à estrutura das páginas pode ajudar a potencializar a visualização do site e, consequentemente, a atrair mais clientes. Esse trabalho de otimização de resultados é chamado SEO (Search Engine Optimization) e tem sido utilizado pelos webdesigners como um guia na hora de fazer programações. 

O iG consultou especialistas em SEO e selecionou 10 dicas práticas para montar um site mais atrativo aos buscadores. 

Técnicas de SEO podem melhorar o desempenho do site de sua empresa em bucadores como o Google.

1) Rapidez é fundamental: O tempo que uma página demora para carregar é um elemento importante para o Google. Segundo especialistas da área, uma espera superior a 10 segundos já é um sinal negativo e fará com que seu site perca posições nas listas de busca. Uma das formas para diminuir o problema é não usar fotos pesadas nas páginas.

2) Cuidado ao usar Flash: O software que ajuda a criar animações e páginas da internet pode não ser muito interessante aos buscadores. O perigo, na verdade, está em desenvolver todo o site nesta plataforma, já que o Google não irá “ler” as diversas páginas que estiverem incluídas dentro do programa. Por isso, o indicado é fazer cada página em html. “Ao usar Flash em tudo, o site não ficará tão interativo e os buscadores só lerão uma “url” quando poderiam ser várias. O ideal é colocar o que for realizado neste programa inserido nos códigos ‘html’”, diz Ana Carolina Costa Martins, especialista em SEO.
3) Organize os assuntos por páginas: Para melhorar a imagem de seu site nos buscadores procure sempre agrupar temas comuns em páginas específicas. Ou seja, quando falar sobre a decoração de quartos infantis, por exemplo, coloque nesta área textos e imagens relacionados para aumentar sua importância. Além disso, marque algumas frases com links para levar o visitante a outras páginas do site.

4) Use títulos coerentes: Para o Google, é muito importante que os títulos das páginas tenham ligação direta com o conteúdo apresentado. Se o texto falar sobre jardinagem e o título for “Saiba como decorar um quarto”, o buscador não entenderá a relação. Por isso, não invente nomes sem contexto e verifique se a url mostra uma ideia clara sobre o assunto. “Para evitar erros na divulgação use urls de 50 a 60 caracteres e que sejam funcionais. Colocá-las em modo reduzido é uma tática interessante nas redes sociais, mas para os buscadores não”, afirma Ronny Nascimento, diretor da Flex Interativa empresa de SEO.
 5) Fique atento aos códigos: Na hora de fazer a programação, todo cuidado é pouco. Segundo especialistas, colocar “metatags” (palavras que funcionam como orientação aos buscadores sobre o conteúdo do site) no código fonte das páginas melhora a avaliação do Google. Este recurso não é visualizado pelos leitores e deve ser incluído em todo início de página, colocando palavras que levariam ao site em uma possível busca pela internet.

6) Use fotos com nomes descritivos:
Como o leitor do Google não identifica imagens, é preciso que as fotos sejam nomeadas de modo mais descritivo possível. Sendo assim, ao fazer a estrutura do site, verifique como salvou as imagens no computador e confira os códigos programados.

7) Evite as repetições
: Criar páginas de conteúdo parecido não aumenta a visibilidade. Ao contrário, em situações como estas, os buscadores juntam os temas comuns e os reconhecem em uma única página. Para que o site não perca espaço nos buscadores, evite repetições de parágrafos e use textos de autoria própria.

8) Enriqueça a produção
: Quanto mais conteúdo o site apresentar, mais relevante será aos olhos dos buscadores. Por isso,utilize assuntos que complementem a ideia principal. Se a empresa for uma clínica de estética, por exemplo, apresente os serviços e disponibilize dados sobre beleza e saúde. “Também pense no que colocar na home, já que o Google rankeia melhor o que estiver na página principal. Mas cuidado para não colocar muita informação e prejudicar a visibilidade”, afirma Fábio Ricotta, co-fundador da empresa Mestre Search Engine Optimization.

9) Utilize palavras-chave:
Outra tática que pode melhorar o desempenho de seu site nas buscas é distribuir palavras relacionadas ao conteúdo principal em textos, títulos, urls e legendas de fotos. Para escolher as palavras-chaves imagine como os leitores chegariam ao produto ou serviço oferecido em uma possível busca na internet. Mas, lembre-se: seja natural. “O principal erro dos empreendedores é associar palavras com conteúdos diferentes. Isso prejudica a análise do Google”, afirma Nascimento.

10) Cuide da sua reputação
: Quando outros veículos utilizam seu site como referência e o linkam em conteúdos próprios, eles ajudam a elevar a posição do site nas listas de busca. Isto, entretanto, deve acontecer naturalmente para que não haja o risco de ser caracterizada fraude.

Fonte: Bruna Bessi, iG São Paulo

0 comentários:

Postar um comentário

 
Agência de Comunicação, Publicidade, Design e Web